Ultimas Postagens:
Carregando...
Estamos Em Manutenção, logo logo voltaremos com muitas informações. Shalom Alech

[O EVANGELHO] de Ouro de João Calvino


Por: Tullian Tchividjian
Um tempo atrás, um amigo meu me enviou esta pepita de ouro de João Calvino. Se trata de um prefácio deslumbrante para a tradução francesa Pierre Robert Olivetan do Novo Testamento (1534). Outro amigo, Justin Taylor, acrescentou quebras de linha para torná-lo mais fácil de ler.
Calvino escreveu:
Sem o evangelho, tudo é inútil e vão;
Sem o evangelho, nós não somos cristãos;
Sem o evangelho, qualquer  riqueza é pobreza,
toda sabedoria é loucura diante de Deus;
a força é fraqueza, e toda a justiça do homem está sob a condenação de Deus.
Mas é pelo conhecimento do evangelho que somos feitos
filhos de Deus, irmãos de Jesus Cristo,
concidadãos dos santos, cidadãos do Reino dos Céus,
herdeiros de Deus com Jesus Cristo,
Por quem os pobres são feitos ricos,
o fraco é feitos forte, os tolos feitos sábios,
o pecador é justificado, o desesperado é consolado,
o duvidoso ganha certeza, e os escravos são libertos.

O evangelho é o poder de Deus para a salvação de todos aqueles que acreditam.
Segue-se que todas as coisas boas que podemos pensar ou desejar são encontradas em Jesus Cristo.
Pois, Ele foi vendido, para nos comprar de volta;
cativo, para libertar-nos; condenado, para absolver-nos;
Ele foi feito  uma maldição para a nossa bênção,
feito  uma oferta pelo pecado para a nossa justiça;
traspassado para sermos justos;
Ele morreu para essa vida, de modo que por ele
a fúria virou amizade, a ira foi aplacada,
a escuridão se transformou em luz, o medo desapareceu,
o ódio foi desprezado, a dívida cancelada,
o fardo aliviado, a tristeza virou alegria,
o infortúnio virou sorte, a dificuldade se tornou fácil,
o caos se tornou ordenado, a divisão unida,
a vergonha se tornou nobre, a rebelião foi dominada,
a ameaça vencida, a emboscada descoberta,
os ataques suspensos, a força retraída,
o combate combatido, a guerra vencida,
a vingança conquistada, o tormento atormentado,
a condenação condenada, o abismo afundou no abismo,
o inferno foi silenciado, a morte morreu,
a mortalidade se fez imortal.

Em suma, a misericórdia engoliu toda a miséria,
e a bondade todas as desgraças.

Todas estas coisas que deveriam ser as armas do diabo em sua batalha contra nós,
e o aguilhão da morte para nos perfurar,
foram transformadas em exercícios dos quais podemos utilizar para nosso proveito.

Se somos capazes de dizer como o apóstolo:
Ó inferno, onde está tua vitória? Ó morte, onde está o teu aguilhão?
É porque pelo Espírito de Cristo, que foi prometido aos eleitos,
não vivemos mais, mas Cristo vive em nós,
e estamos pelo mesmo Espírito, sentados entre aqueles que estão no céu,
de modo que para nós o mundo já não existe,
mesmo enquanto nos relacionamos nele.
Por causa disso estamos contentes em todas as coisas,
em qualquer lugar, qualquer condição,
com qualquer roupa, com qualquer comida…

E somos confortados na tribulação,
alegres na tristeza, gloriosos na vergonha,
abundantes na pobreza, aquecidos em nossa nudez,
pacientes entre os males, vivos em meio morte.

Em suma, é isso o que devemos buscar nas Escrituras: devemos conhecer a Jesus Cristo verdadeiramente e as infinitas riquezas que são por Ele oferecidas a nós da parte de Deus Pai.
PROXIMA
ANTERIOR
Click here for Comments

0 comentários: