O Alfabeto Hebraico - אלפבית עברי



O idioma Hebraico é escrito da direita para esquerda. Então, sempre começamos "ao contrário", da direita para a esquerda. Do mesmo modo, os livros começam do lugar que para nós seria o fim.


Em hebraico não há letras maiúsculas e minúsculas. Existem apenas a escrita quadrática e a cursiva. Mas estas não são utilizadas ao mesmo tempo. Ou se escreve em quadrático, ou se escreve em cursivo.
O Alfabeto Hebraico (também conhecido com Alefbeit Ivri - אלפבית עברי) possui 22 letras; 5 delas tem a grafia alterada quando aparecem no final de uma palavra e 3 delas, ao receberem um sinal diacrítico (chamado Daguesh) em seu interior, devem ser pronunciadas com um som mais fechado. O hebraico não possui vogais, porém algumas consoantes exercem um papel vocálico, porém isto será abordado mais à frente. Este é Alfabeto Hebraico com os nomes de suas respectivas letras, os seus sons e o valor numérico de cada uma das letras (em alguns tipos de literatura, ao invés de se usar os números normais, usa-se as letras para representá-los).



→ Quando o sinal diacrítico aparece a direita da letra ש ela representa o som de sh, x. Quando o sinal diacrítico aparece a esquerda, a letra ש tem o som de ss, s.
→ Geralmente se usa as letras CH para transliterar (escrever em caracteres ocidentais) as letras kaf "כ" e hêt "ח". Este CH vem do alemão tem o som do nosso "RR". O כ e o ח tem um som bem gutural.



Para ouvir...





Para treinar a escrita...






Obs.: No Hebraico Moderno, geralmente as letras não aparecem com sinais diacríticos como o Daguesh e as pontuações dos sons vocálicos, se trata de uma língua muito visual, na qual é preciso aprender e guardar os sons das palavras. Porém enquanto não se tem um conhecimento e um domínio maior sobre as palavras, pode-se deduzir os seus sons, observando as consoantes vocálicas.







Consoantes Vocálicas:







As Vogais

Somente a nível de informação, segue uma tabela com os sinais diacríticos que geralmente aparecem abaixo das letras para representar os sons das vogais. Estes sinais são chamados de sinais massoréticos, pois foram criados por volta do século IV por homens estudiosos da Torá (Bíblia Hebraica) chamados massoretas, afim de que a pronúncia do texto bíblico não se perdesse, uma vez que o hebraico já não era mais uma lingua falada. O texto bíblico ainda conserva esta pontuação vocálica criada pelos massoretas. Porém no Hebraico Moderno ela não aparece, o que talvez dificulte um pouco o aprendizado da língua no início.
As vogais se classificam em BREVES¹ e LONGAS². Também aparecem sinais que são considerados "semi-vogais" ou "vogais compostas".



Exemplo de um trecho Bíblico com a pontuação vocálica massorética:

Genesis 1.1 - 1 בראשית א (Bereshit Alef, 1)



O texto é lido da direita para a esquerda (←), mas na hora de transliterá-lo, se escreve da esquerda para a direita (→), pois a transliteração consiste em escrever o texto hebraico com os nossos caracteres, e o português é escrito da esquerda para a direita. Portanto fica:
"Bereshit bará Elohim et hashamayim ve'et haárets"
Primeiramente é transliterada a letra, logo após o sinal massorético que representa a vogal.
Texto para praticar: Salmo 23.1 - תהילים כג 1 (Tehilim - Kaf Guímel,1)




- See more at: http://www.idiomahebraico.com/2009/07/alfabetohebraico_17.html#sthash.T5Adf1bt.dpuf
PROXIMA
ANTERIOR
Click here for Comments

0 comentários: