Ou você move o mundo ao seu redor ou o mundo ao seu redor move você


É impressionante como o Natal, uma festa pretensamente religiosa e com tantos elementos pagãos recebe apoio de pessoas até mesmo no judaísmo. Graças a D'us pelo Chabad que mantém uma postura judaica sem misturas.
   

Que O Eterno nos livre de toda a espécie de sincretismo religioso e ecumenismo. Respeitar outra religião não é compactuar com suas práticas e costumes, muito menos justificá-las. Que O Eterno nos livre disto. Esta geração precisa de vozes que falem a verdade para acordar as pessoas e não de mensagens politicamente corretas.


O Judaísmo chegou aos nossos dias com atitudes, atitudes de convicção e não de assimilação, atitudes como dos Macabeus que livraram Israel do helenismo. Atitudes do profeta Eliahu que desafiou os profetas de Baal. Atitudes que agradam acima de tudo ao Eterno.


O Natal foi uma estratégia infeliz da igreja romana, baseada no sincretismo religioso, que tem como base a filosofia maquiavélica, que embora surgiu depois, tem as mesmas premissas: "os fins justificam os meios".


O Natal é uma das festas com mais elementos pagãos, e de fato quem comemora corre um risco de estar transgredindo uma mitzvá muito importante, que é a proibição de se contaminar com os ídolos. O Mashiach Yhwhshua nasceu entre setembro e outubro, mas de qualquer forma, não existe nenhum referencial bíblico para se comemorar aniversários dentro de uma conotação religiosa. Como advertiu O Eterno: "Povo meu sai do meio dela (Babilônia)".


O antídoto para a sedução do sincretismo e da atitude morna e leniente, é a convicção e, acima de tudo, a fidelidade ao Eterno. Cada um tem o direito de tomar decisões pessoais acerca de tudo, porém é bom lembrar que cada um prestará contas ao Eterno por tudo o que fez e o que disse.



Ou você move o mundo ao seu redor ou o mundo ao seu redor move você. EMET (אמת) - tire uma letra e se tem MET (מת). Verdade incompleta gera a morte.


Devarim (Deuteronômio) 12: 28- 32
28. Ouve e guarda todas estas palavras que eu te ordeno, para que te vá bem a ti, e a teus filhos depois de ti, para sempre, se fizeres o que é bom e reto aos olhos do Soberano Eterno.
29. Quando o Soberano Eterno exterminar de diante de ti as nações aonde estás entrando para as possuir, e as desapossares e habitares na sua terra,
30. guarda-te para que não te enlaces para as seguires, depois que elas forem destruídas diante de ti; e que não perguntes acerca dos seus deuses, dizendo: De que modo serviam estas nações os seus deuses? Pois do mesmo modo também farei eu.

31. Não farás assim para com o Soberano Eterno; porque tudo o que é abominável ao Soberano, e que ele detesta, fizeram elas para com os seus deuses; pois até seus filhos e suas filhas queimam no fogo aos seus deuses.

32. Tudo o que eu te ordeno, observarás; nada lhe acrescentarás nem diminuirás.
II Coríntios 6: 14- 18
14. Não vos prendais a um jugo desigual com os incrédulos; pois que sociedade tem a justiça com a injustiça? Ou que comunhão tem a luz com as trevas?
15. Que harmonia há entre o Mashiach e Belial? Ou que parte tem o crente com o incrédulo?
16. E que consenso tem o santuário de yhwh com ídolos? Pois nós somos santuário de yhwh vivo, como yhwh disse: Neles habitarei, e entre eles andarei; e eu serei O seu yhwh e eles serão o Meu povo.
17. Pelo que, saí vós do meio deles e separai-vos, diz O Soberano; e não toqueis coisa imunda, e eu vos receberei;
18. e Eu serei para vós Pai, e vós sereis para mim filhos e filhas, diz O Soberano Todo-Poderoso.
Apocalipse 3: 15, 16
15. Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente; quem me dera fosses frio ou quente!
16. Assim, porque és morno, e não és quente nem frio, vomitar-te-ei da minha boca.






Shalom!
PROXIMA
ANTERIOR
Click here for Comments

0 comentários: